Obesidade

Por quê deve-se tomar cuidado com o controle do peso ?

Obesidade está se apresentando como um importante assunto de saúde pública. Em todo o mundo a

porcentagem da população que está com sobrepeso ou obesa está aumentando em taxas alarmantes.

No Brasil cerca de 50% da população está acima do peso ideal, sendo 40% com sobrepeso e 10 % com

obesidade. A obesidade é um importante fator de risco para diversas doenças graves, como pressão alta,

diabetes, altas taxas de colesterol e triglicerídeos (que aumentam o risco de infarto, derrame e morte), além

de artrose de joelhos, síndrome da apnéia do sono, problemas de vesícula biliar, incontinência urinária, entre

muitos outros...


Como se diagnostica a Obesidade ?

O diagnóstico de obesidade é feito pelo cálculo do IMC (índice de massa corporal). O IMC ideal está entre 19,9 e 25. Quando o IMC está entre 25 e 30 chamamos de sobrepeso e quando o IMC é maior que 30 chamamos de obesidade. Quanto maior o IMC maior o risco de doenças e de morte.

 

Calcule seu IMC:  peso / altura x altura  (em metros)

Ex: peso 80Kg        Altura 1,68m :             80 : 1,68 = 47,6   =>          47,6:1,68   =   28,3    =>   IMC : 28,3 = sobrepeso

 

Mas o IMC não se aplica a todas as pessoas (os atletas musculosos, por exemplo). Outra medida importante para o diagnóstico de obesidade é a circunferência abdominal, que avalia a gordura visceral e complementa a avaliação pelo IMC. Em pessoas com excesso de peso, um perímetro de cintura >102cm em homens e >88cm em mulheres, está associado a um maior risco de complicações. Esses diâmetros atualmente estão sendo revisados por várias sociedades médicas pelo mundo todo.


Quais são as causas da Obesidade ?

A obesidade é provocada pelo acúmulo de gordura no corpo. Todo excesso de energia absorvida pelo organismo (através da alimentação) é armazenado sob forma de gordura. De forma resumida, podemos entender que se consumirmos mais energia que utilizamos, iremos engordar, e se gastarmos mais energia que consumimos iremos emagrecer. Menos comumente a obesidade pode ser causada por doenças hormonais, metabólicas , psiquiátricas e por uso de medicações.


Qual o tratamento da Obesidade ?

O objetivo principal da terapia da obesidade é a prevenção e tratamento de doenças. É comprovado que a redução de 5 a 10% do peso reduz de forma importante o risco de doenças do coração e de morte. Devemos lembrar da importância estética da perda de peso, pois aumenta a auto-estima e reduz os problemas sociais da obesidade. Muitos pacientes procuram por dietas ou pílulas mágicas, capazes de promover a perda de muito peso em pouco tempo. Mas, essa dieta ou remédio não existe. As fórmulas de emagrecimento  são perigosas e possuem muitas substâncias perigosas à saúde.


Então como tratar a obesidade?

Fatores fundamentais no tratamento da obesidade:

 

Dieta

 Existem várias propostas diferentes de dieta para emagrecer. Mas, o que realmente funciona é uma profunda educação alimentar. O paciente deve conhecer a quantidade de calorias dos principais alimentos, reconhecendo quais devem ser evitados, programando uma dieta compatível com seu paladar e com seus hábitos de vida. Deve ser orientado sobre os horários adequados das refeições, como prepará-las e como consumí-las.

 
Exercícios

 Não só ajudam a perder peso, mas principalmente a manter o peso perdido. Para termos o  real benefício, devemos realizar pelo menos 30 minutos de exercícios aeróbicos (caminhada, corrida, ciclismo, natação , hidroginástica) de 5 a 7 vezes por  semana.

 

Terapia Comportamental

 A obesidade geralmente não é causa, mas sim conseqüência dos nossos problemas. Qualquer tratamento só vai funcionar se mudarmos nossa maneira de pensar.

 Sou gordo?  

Preciso emagrecer?

Por que preciso emagrecer?


 Só conseguiremos tratar a obesidade se quisermos e soubermos responder a estas perguntas. Se mudarmos a nossa maneira de pensar e de agir poderemos não só emagrecer, mas alcançar o que quisermos.

 

Equipe multiprofissional

 Por ser uma doença complexa, o tratamento da obesidade fica muito mais fácil se realizado por uma equipe.  Um grupo com médico, nutricionista, psicólogo, preparador físico e cirurgião bariátrico (em casos selecionados) tem muito mais recursos e habilidades para um tratamento mais seguro, eficaz e duradouro.

 

Medicamentos

 Os medicamentos aprovados para o tratamento da obesidade são muito eficazes, mas como complemento ao tratamento. Só o remédio, não resolve!

 

Cirurgia Bariátrica

 A cirurgia bariátrica (anti-obesidade) é o método mais eficaz de reduzir o peso em obesos, mas como toda cirurgia envolve riscos, só deve ser recomendada em casos selecionados, com indicação clínica criteriosa ( IMC > 40, IMC > 35 associados a problemas de saúde devido à obesidade).

 

Além do benefício estético do tratamento da obesidade, perder peso pode prevenir e tratar doenças. Atualmente, podemos observar ex-hipertensos, ex-diabéticos, que venceram  sua doenças, por terem vencido a obesidade.